A realidade aumentada e o futuro

imagem-realidade

O que acontece quando integrações virtuais se fundem com visualizações do mundo real? Você, provavelmente já tem a resposta na ponta da língua. É a mais nova tecnologia que vem dando o seu ar da graça em grande parte do nosso dia a dia. Seja em aplicativos de celular, redes sociais, drones, óculos de realidade virtual, câmeras de última geração, etc, a verdade é que já está acontecendo uma revolução de inúmeras proporções e que mudará o mundo que vivemos completamente. Ao analisar a fundo é possível perceber que já virou um caminho sem volta. Pessoas do mundo inteiro já estão imersas nesta nova “realidade aumentada”. Não precisamos nem atravessar a rua de nossas casas para notarmos como a interação das pessoas com aparelhos de celular e/ou smartphones se tornou indispensável. E o pior, a interação que está acontecendo nos dias atuais, vai muito além do que ocorria à 5 ou 10 anos atrás, quando não nos importávamos tanto com estes ‘gadgets’. Agora estamos sendo levados para uma nova comunicação digital e interativa, que une a inteligência artificial com o nosso plano físico real. Mais o que podemos esperar de tudo isso no futuro?

Imagine ser bombardeado por informações, propagandas, chamadas, pop-ups, mensagens, notificações, promoções, convites, ofertas e uma infinidade de ações de marcas e pessoas à cada minuto do seu dia. Olhar os prédios, as ruas, avenidas, os comércios e ver telas e mais telas digitais com imagens, áudios e vídeos sendo transmitidos interruptamente. Ao ir no shopping ou supermercado, você não conseguirá ao menos olhar para as pessoas ao seu redor, pois serão tantas as informações sendo mostradas à você em seu “óculos futurista” que não conseguirá se concentrar em tarefas básicas, como verificar os preços dos produtos nas gôndolas. Assustador? Interessante? Bizarro? Bom, essa é uma das muitas opiniões que já estão sendo discutidas por visionários, mais não é de se espantar. Do jeito que as coisas estão acontecendo, a realidade aumentada funcionará como “válvula de escape” para a maioria da população mundial. E cada vez mais as pessoas irão “viajar” sem sair do lugar. O que podemos aprender com a realidade aumentada? Ela realmente será útil em nosso dia a dia? Ou será utilizada para uma mera distração? Por enquanto é o que está acontecendo, com pessoas em todo mundo, “brincando” de caçar monstrinhos virtuais.

Texto escrito por: Felipe Oliveira (Consultor de Comunicação e Marketing – Oliveiras Consultoria & Marketing)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s